Projeto criado pela Microsoft busca promover o bem-estar físico e mental dos colaboradores da área de vendas

Viva Melhor tem como objetivo reconectar e fortalecer os laços entre destes profissionais por meio da prática de atividades físicas realizadas em grupo  

 

São Paulo, 05 de janeiro de 2022. A fim de promover a saúde mental da equipe e melhorar o engajamento entre as pessoas, a Microsoft promoveu o Viva Melhor, projeto realizado entre março e agosto de 2022 para a equipe de Vendas ao Consumidor. Durante seis meses os colaboradores, de forma voluntária, contaram com o apoio de profissionais para participar de um programa de treinamento físico e nutricional, com o objetivo de completar uma corrida de rua.  

Adriano Galvão, vice-presidente de Vendas ao Consumidor da Microsoft e um dos idealizadores do projeto, conta que a iniciativa surgiu ao notar que mesmo nos encontros presenciais havia pouco entrosamento entre as pessoas. “Durante a pandemia tivemos muita movimentação na equipe e as pessoas já não se conheciam mais. Nas reuniões, ou dias de trabalho presenciais, eu sentia uma certa desconexão”, explica.  

A dinâmica do trabalho híbrido ainda é um desafio para muitos líderes e liderados, segundo mostrou o último relatório Pulse de Índice de Tendências do Trabalho divulgado pela Microsoft em setembro de 2022. Os dados mostram que 93% dos funcionários no Brasil se sentem motivados a trabalhar presencialmente pela busca de socialização com colegas de trabalho. Além da falta de interação entre as pessoas devido ao isolamento do trabalho remoto, a pandemia da Covid-19 gerou altas cargas de stress e uma queda na qualidade de vida das pessoas. Pensando nisso, Adriano, juntamente com Ademir Paulino, assessor esportivo, e a nutricionista Camila Amorim de Sá, montaram um programa de bem-estar, no qual todos os colaboradores do time e seus familiares pudessem se engajar. 

O Viva Melhor foi dividido em 4 etapas: lançamento e aquecimento, jornada, desafio e aprofundamento, e continuidade. Por meio delas, os funcionários puderam entender melhor cada atividade física e a sua importância participando, no final, da prova Track&Field Run Series, realizada no dia 20 de agosto,em São Paulo. Ao longo de 20 semanas de preparação os colaboradores participaram de aulas, palestras, treinos presenciais com profissionais qualificados da saúde, corridas coletivas e orientação nutricional. 

“Cerca de 30 pessoas participaram e, mesmo após a finalização do projeto, os bons hábitos continuaram. Criamos um grupo de WhatsApp para compartilhar nossas conquistas, dicas e receitas, e até quem não engajou no começo do projeto passou a dividir conosco outras atividades que já realizava no dia a dia. É muito legal ver todos torcendo e vibrando um pelo outro”, conclui Adriano. 

De acordo com o coach Ademir Paulino, Treinador e Atleta Campeão Mundial de Aquathlon em Beijing, as mudanças que as pessoas mais relataram sentir ao participarem do projeto, estão relacionadas à melhora da qualidade do sono, maior disposição física e mental, autoestima elevada e outros benefícios. Além da saúde física, Adriano relata ter notado uma melhora no engajamento da equipe. Segundo o executivo, as pessoas estão colaborando mais umas com as outras e isso tem impactado positivamente os resultados do time como um todo. 

 

Sobre a Microsoft   

A Microsoft (Nasdaq “MSFT” @microsoft) habilita a transformação digital na era da nuvem inteligente e da fronteira inteligente. A missão da Microsoft é empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. A empresa está no Brasil há 34 anos e é uma das subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975, e que está presente em mais de 190 países. De julho de 2021 a junho de 2022, a empresa investiu mais de US$ 15 milhões em doações e descontos para entidades sem fins lucrativos, impactando mais de 2 mil instituições com doação de software, descontos para compra e apoio a projetos de capacitação. Com o lançamento do Microsoft For Startups Founders Hub, 443 novas startups foram aprovadas, totalizando 703 startups apoiadas, que juntas já consumiram USD 11,898,488.00 de créditos em nuvem Azure. 

Tags: ,

Posts Relacionados